E³ Festival reúne ícones do mercado nacional de quadrinhos

Lembro bem. Estava folheando uma das 80 páginas de Hitomi, novidade exposta na mesa da Balão Editorial, quando um bate-papo animado perto dali chamou a minha atenção. Estavam lá reunidos os premiados Laudo Ferreira Jr. e Omar Viñole. Mais próximo da entrada do evento, de vermelho, acabava de chegar Carlos Ruas, criador do blog de tirinhas Um Sábado Qualquer.

Essa foi a primeira vez, de fato, que havia levantado o pescoço para dar uma olhada geral no E3 Festival (lê-se “E ao Cubo”) e dado conta das pessoas que estavam ao meu redor. Ao decorrer do dia, mais artistas chegavam. Gabriel Bá, que recentemente ganhou o prêmio Eisner, desta vez pela adaptação do romance Dois Irmãos, de Milton Hatoum, também marcou presença. Pedro Cobiaco, Gabriel Arrais, Felipe Nunes… A lista é grande.

Se o intuito era celebrar as histórias em quadrinhos nacionais, os convidados deram ainda mais força e credibilidade ao movimento. No final do texto, há uma lista com toda a galera que estava presente.

Essa primeira edição, organizada por Cláudio Alves e Victor Uchoa, foi realizada no dia 30 de julho e sediada no Instituto HQ, na zona oeste de São Paulo. O espaço – recentemente reformado – é coordenado pelo quadrinista e professor Klebs Junior, que já produziu trabalhos para editoras norte-americanas e europeias e, no Brasil, lançou três volumes da HQ Pátria Armada.

Aulas e debates

“Nunca se produziu tanto quadrinho brasileiro quanto nos últimos anos, mas o número de leitores não aumentou proporcionalmente. Então, a gente precisa mostrar para a população essa produção toda de quadrinhos. O grande desafio no mercado é aumentar o número de leitores, por isso, um evento gratuito como esse”, explicou Klebs Junior.

Além da entrada franca, o E3 promoveu atividades sem custos. Os visitantes puderam participar de aulas sobre Ilustração Digital, Roteiro, Desenho, Arte Final e Colorização Digital. No auditório, debates tratavam sobre vários temas como: “Panorama das histórias em quadrinhos nacionais”, “Como publicar?”, “Financiamento coletivo e seus segredos”, “Editoras e os desafios do cenário nacional” e “Ok, lancei a minha HQ e agora?”.

O Cabruuum acompanhou o bate-papo mediado por Douglas Utescher (Ugra Press), sobre financiamento coletivo com Diego Reeberg (sócio-fundador do Catarse), Pedro Hutsch Balboni (criador de Joãos e Joanas) e Pedro Netto (criador de Por que, Pedro?). Foram vários os pontos altos do debate, mas alguns números mencionados por Diego se destacam:

– 2.882 projetos já foram financiados no Catarse;
– 194 projetos da categoria Quadrinhos já foram financiados;
– A maior taxa de projetos com sucesso é da categoria Quadrinhos (61%);
– O valor total dos apoios para Quadrinhos totaliza R$ 3.766.369,00;
– Quadrinhos é a terceira maior categoria do Catarse.

Se você se interessou e quer saber mais sobre a palestra, confira o vídeo abaixo:
*o áudio está baixo, mas vale a pena. Pega o fone aê =)

Artistas e editoras

Foi uma experiência bacana a quantidade de artistas por metro quadrado. Até por ser uma primeira edição, uma grande vantagem é o contato direto com seu quadrinista predileto e, além de autógrafos, poder bater papo com ele sem precisar se preocupar em empacar uma fila quilométrica de fãs atrás de você.

Para a quantidade de público, o Instituto foi aconchegante e funcional. Talvez, ao atingir seu próximo objetivo, que é aumentar o número de leitores e, consequentemente visitantes, o evento precise de um espaço maior. Mas, o primeiro já está na história. Ainda que mude de lugar, vou continuar lembrando bem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A lista

Aproveitando que os organizadores publicaram um post de agradecimento nas redes sociais, seguem os nomes abaixo (yeah, ctrl+c e ctrl+v):

Guilherme Kroll Domingues (Balão Editorial), Marilia Bruno, Carlos Ruas (Um Sábado Qualquer), Daniel Esteves, Raphael Fernandes (Editora Draco), Fernando Barone, Ze Rodolfo (Editora Gato Preto), Ana Muriel, Flavio Luiz Nogueira, Flavio Soares, Klebs De Moura Junior, Guilherme Raffide, Roberto de Souza, Alexandre Jubran, Leandro Casco, Stefani Rennee’s Art, Henrique Kipper, Gabriel Arrais, Laudo Ferreira Jr., Janaina De Luna Larsen (Editora MINO), Pedro Cobiaco, Alcimar Frazao, Ludmila da Guarda, Diego Sanchez Más Saint Martin, Felipe Nunes, Thiago Ferreira, Omar Viñole, Pedro Hutsch Balboni, Vivi’s Monteiro (Editora Veneta), Wagner Willian, Thiago Moraes Martins, Will Sideralman, Diego Borin Reeberg (Catarse), Lillo Parra, Daniel Vardi, Pedro Netto, Ramon Vitral, Wilson Simonetto e Douglas Utescher (UGRA PRESS).


Para quem quiser saber mais:

Sobre o evento: clique aqui.
Sobre o Instituto dos Quadrinhos: clique aqui.
Sobre Omar Vinõle: clique aqui.
Sobre Will Sideralman: clique aqui.
Sobre Laudo Ferreira Jr.: clique aqui.
Sobre Gabriel Arrais: clique aqui.
Sobre Flávio Soares: clique aqui.
Sobre Pedro Hutsch Balboni: clique aqui.
Sobre Flávio Luiz Nogueira: clique aqui.
Sobre Carlos Ruas: clique aqui.
Sobre Daniel Esteves: clique aqui.
Sobre Henrique Kipper: clique aqui.
Sobre a Editora Gato Preto: clique aqui.
Sobre a Editora Maria Nanquim: clique aqui.
Sobre a Balão Editorial: clique aqui.
Sobre a Editora Veneta: clique aqui.
Sobre a Editora Mino: clique aqui.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s