22ª Fest Comix cumpre seu papel no segmento de quadrinhos

Entre os dias 17 e 19 de junho, ocorreu a vigésima segunda edição da Fest Comix, tradicional evento de quadrinhos do cenário nerd e geek de São Paulo, no São Paulo Expo.

O Cabruuum esteve presente no dia 19, domingo, e conseguiu traçar um perfil mais geral, pois não participamos dos eventos que estavam ocorrendo nas diferentes áreas com programações diferenciadas.

Fomos de ônibus até o Jabaquara e, próximo ao terminal de ônibus, pegamos a van que nos levou rapidamente ao São Paulo Expo. Não havia fila e, ainda por cima, o motorista nos deixou do lado da entrada \o/

Vimos e ouvimos algumas reclamações sobre o valor do estacionamento. No entanto, os responsáveis por ele não têm a ver com a Fest Comix, então achamos injusto levantar esse fato como um ponto negativo do evento. Até porque vamos com certa frequência ao São Paulo Expo (Festival do Japão e Comic Con Experience, por exemplo) e o valor do estacionamento é sempre o mesmo (ou sofre pequenas variações).

Ao entrarmos, já nos impressionamos com o tamanho do evento. Parecia maior e estava disposto de maneira bem diferente da edição do ano anterior. Tentamos encontrar dados oficiais com o tamanho real do evento, mas não encontramos. Está no site apenas que a Fest Comix 2016 ocorreu “contando com o espaço inicialmente programado para 5 mil metros quadrados”.

22 Fest Comix_visão geralAntes de qualquer compra ou qualquer visita aos artistas incríveis que estavam por lá, fomos dar uma olhada geral no espaço para nos localizarmos direitinho. Como a Fest Comix não é grande ao ponto de nos perdermos nos corredores, em 10 minutos já estávamos devidamente localizados e preparados para os primeiros passos.

Dividimos nossa visita em missões, pois é assim que funciona para nós a ida a determinados eventos. Hehehehe… 😉

Fest Comix_criançaPrimeira missão: comprar mangás, quadrinhos e livros, é claro. Então fomos às compras. Antes de entrarmos no paraíso dos quadrinhos, deixamos as mochilas no guarda-volumes (gratuito), onde acabamos deixando-as durante o evento inteiro, pois ninguém merece carregar quilos e mais quilos nas costas por horas e horas. Assim dá para comprar mais e caminhar com mais alegria e menos dor. E aqui fica a dica mais preciosa para curtir bastante o evento! \o/

Com a ideia de conseguir ver título por título, sem deixar passar nenhum importante, bolamos um trajeto. Começamos com um zigue zague nas prateleiras centrais e depois passamos para as prateleiras que ficavam envolta, formando um retângulo. Deu certo!

Saímos com duas cestas cheias de títulos variados (em breve, falaremos sobre nossas aquisições) e sorrisos nos rostos. Ganhamos cartões de desconto em compras futuras na Comix e alguns posteres bem legais. E conseguimos parcelar as compras em três vezes sem juros. Yeah!

Segunda missão: caminhar lentamente pelas mesas da Área dos Artistas. Revemos alguns artistas cujos trabalhos já admiramos, reconhecemos outros os quais já seguíamos nas redes sociais e conhecemos novos trabalhos. Vários traços, vários estilos, de zumbis a mangás, de cachorros fofos a monstros. 

Dessa vez, paramos na mesa do Will Leite e ficamos por lá alguns minutos. Compramos Viva Intensamente e Will Tirando, com páginas dedicadas à Dona Anésia, uma avó bastante mal-humorada, ou podemos dizer, cheia de personalidade e sinceridade. Mais um caso de tirinhas web que viraram livro. E ótimos livros por sinal!

Hora do almoço. Hamburguer, hot Fest Comix_alimentaçãodog, pastel. As opções não variam muito, assim como os preços, sempre elevados. Não sabemos como funciona a contratação das empresas, mas são aquelas que encontramos com frequência em feiras e convenções. A praça de alimentação manteve-se cheia, porém com alta rotatividade de visitantes e artistas comendo e conversando. Victor escolheu hambúrguer…claro! 

Terceira missão: passar nos estandes das editoras e folhear tudo o que estava exposto. E o resultado foi mais aquisições e um autógrafo da Lu Cafaggi no livro Quando Tudo Começou (da Editora Nemo), de Bruna Vieira, com desenhos da Lu. E o destaque fica para a Editora Mino, com estande grande, muitas obras expostas e diversos artistas disponíveis para deixar aquele autógrafo caprichado em suas obras.

Fest Comix_Editora Mino
Quarta missão:
verificar o que estava acontecendo nas áreas especiais divulgadas no site do evento. Na área Terror Fest, encontramos o Toninho do Diabo divulgando seu trabalho e convidando os visitantes para conhecerem os materiais expostos. Também havia sessões para discutir sobre temas ligados ao
terror/horror brasileiro, com exposição, palestras, sessões de autógrafos e exibição de curtas-metragens para os fãs do gênero.

Na área AnimaSato, a aposta foi na exibição de produções Fest Comix_Terror Festjaponesas como Changeman, Flashman, Jaspion, Jiban e Jiraiya. Já na Medieval Fest, encontrávamos acessórios, batalhas com espadas (não se assuste, eram fakes) e arco e flecha (esses sim de verdade).

Concurso de cosplay e palestras sobre maquiagem e perucas ocorreram no palco da Fest Cosplay. E os cosplayers são sempre espetáculos fundamentais em qualquer evento nerd e de quadrinhos, por mais simples ou elaborados que sejam.

Fest Comix_Expo CAFAPor fim, na Expo CAFA, vimos uma interessante exposição de fotografias com action figures e alguns cenários montados com os lindos “bonequinhos” prontos para serem fotografados pelos visitantes.

Quinta missão: conferir estande por estande e conversar com visitantes e conhecidos. Após comprar tudo o que queríamos e até o que não imaginávamos que queríamos, com passos calmos e sentidos atentos ao clima do evento, fomos analisando o que acontecia pelos cantos da Fest Comix, cumprimentamos Rebeca Prado, Vitor CafaggiCristina EikoPaulo Crumbim, Flávia Gasi, Douglas Utescher e Daniela Utescher (da Ugra Press), e compramos uma camiseta com estampa linda da Chun-Li na Studio Geek (por R$ 29,90 – todas as camisetas custavam o mesmo valor). Não aguentei!

Quando os pezinhos começaram a doer, percebemos que havia chegado o momento de retornar ao lar e fazer um balanço das maravilhas adquiridas. Mais uma vez, o sossego e a rapidez do transporte feito pelas vans até o Jabaquara nos impressionaram. Para ir do terminal para casa, apelamos e ligamos para irem nos buscar. Hahaha…

Quer comprar mangás e quadrinhos? A Fest Comix possui preços bastante atrativos. Quer comprar livros? Fique atento e pesquise na internet para saber os valores antes de chegar ao evento. Algumas obras estão disponíveis com preços ótimos, outros já não valem tanto a pena.

Quer encontrar artistas e conseguir seu autógrafo? Na Fest Comix, as filas são bem menores e a possibilidade de bater um papo com seus artistas favoritos é bem maior do que na Comic Con Experience, por exemplo.

Quer ver um vídeo que preparamos com muito carinho sobre o evento?

Considerações finais: guarde dinheiro (ou separe o cartão de crédito), prepare a mochila, leve comida de casa, estampe um sorrisão no rosto e vá à Fest Comix comprar o que puder e conversar com gente da área, fãs, curiosos e uma galera super a fim de trocar ideias e conhecer projetos novos.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Para quem quiser saber mais:

Sobre a Fest Comix: clique aqui.
Sobre a CAFA: clique aqui.
Sobre o Will Leite: clique aqui.
Sobre a Lu Cafaggi: clique aqui.
Sobre o livro Quando Tudo Começou: clique aqui.
Sobre a Editora Nemo: clique aqui.
Sobre a Editora Mino: clique aqui.
Sobre a Rebeca Prado: clique aqui.
Sobre o Vitor Cafaggi: clique aqui.
Sobre a Cristina Eiko: clique aqui.
Sobre a Paulo Crumbim: clique aqui.
Sobre a Flávia Gasi: clique aqui.
Sobre a Ugra Press: clique aqui.
Sobre o Studio Geek: clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s