Balas Contadas, de Hiram Miller

O Cabruuum esteve em Belo Horizonte, no Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ 2018), representado pela Paula e pelo Victor. Lá, além do contato mais próximo com os artistas, há também um contato maior com os quadrinhos. E foi assim que Balas Contadas, de Hiram Miller veio parar nas minhas mãos. Minha relação com faroeste - o... Continuar Lendo →

A polidez de Wes Anderson no Grande Hotel Budapeste

Wes Anderson gosta de contar histórias com contextos elaborados e em lugares exóticos. Ele cria personagens, quase todos excêntricos, e se diverte com as relações malucas e necessárias dessas pessoas imaginadas. Apesar da aparente falta de objetividade, seus filmes normalmente querem comprovar uma ideia, um preceito simples. O cineasta tenta transmitir um conceito moral costurando... Continuar Lendo →

Brasileiro lê ou não lê?!

Autores internacionais (22) e nacionais (291), aumento nas vendas das editoras, sessões de autógrafos com ingressos esgotados, bate-papos lotados, estandes cheios. Crianças, adolescentes e adultos empolgados, garimpando exemplares para suas estantes e com várias sacolas nas mãos. O discurso se mantém o mesmo, mas algumas notícias vão contra o mantra que ouvimos desde sempre: “Brasileiro... Continuar Lendo →

O poder de Akira

CABRUUUM CONVIDA: MiojoGeek Eu devia ter uns oito anos quando Akira, de Katsuhiro Otomo, chegou à locadora do meu bairro. Lembro-me de assistir e achar irado, apesar de não ter entendido muito bem a trama. O que importava para o pequeno Orlando, era a qualidade da animação, as motos, explosões... Foi o primeiro longa-metragem japonês... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑